Goiânia, 17 de agosto de 2017    




Notícias

(16/01/2014) Plateia Social emociona Cacá Carvalho

Ator conheceu projeto social do Idtech no intervalo das apresentações e ficou comovido com a iniciativa, que dá oportunidade de acesso à cultura

O ator Cacá Carvalho, que esteve em Goiânia apresentando a peça Um nenhum cem mil, ficou emocionado ao conhecer o Plateia Social, programa de inclusão social e cultural realizado pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech). O ator recebeu as jovens que vivem no abrigo do Centro de Valorização da Mulher (Cevam) no intervalo entre as apresentações na noite de sábado, 11 de janeiro. Elas foram levadas ao teatro para assistir à peça por meio do Plateia Social. A coordenadora do projeto, Lili Moreira, falou sobre o trabalho para o ator, que ficou comovido ao conhecer a iniciativa e por saber que as pessoas que estavam com ele foram vítimas de violência e moram em um abrigo.

“Que trabalho mais lindo, estou muito emocionado”, disse Cacá, que posou para fotos e deu abraços e beijos. “Como vou fazer a próxima apresentação?”, disse, referindo-se à emoção. A cada frase sobre o trabalho social do Idtech e também sobre a atuação do Cevam, que foi apresentado por sua presidente, Maria Cecília Machado, ele dava vivas e dizia palavras de incentivo. “Deus é mais”, resumiu Cacá. No sábado, o Idtech levou ao Teatro Madre Esperança Garrido 53 mulheres atendidas pelo Cevam e um grupo de 20 pessoas acompanhadas pela Sociedade São Vicente de Paulo.

Coordenadora da Sociedade São Vicente de Paulo, Josenar Gomes de Souza destacou a importância do Plateia Social. “Trabalhamos com famílias realmente muito necessitadas, que não teriam a chance de estar aqui”, explicou Josenar. “É uma oportunidade e tanto, principalmente para nossas crianças”, diz. No sábado, a instituição levou para o teatro parentes de famílias assistidas.
Espetáculo

O espetáculo Um nenhum cem mil é baseado no romance homônimo do autor Luigi Pirandello e tem direção de Roberto Bacci. A peça conta a história de Vintangelo Moscardo, filho de um banqueiro, que questiona sua vida, abandona tudo e funda um asilo, no qual trabalha cuidando de pessoas. Ele deixa de lado sua identidade pública e vive no anonimato. No asilo, ele relata os momentos de sua trajetória, lembranças e frustrações. Fala sobre o seu passado e recupera a memória perdida.


Fonte: IDTECH





Google








IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700