Goiânia, 17 de dezembro de 2017    




Notícias

(07/02/2014) Conselho Local de Saúde promove primeira reunião ordinária de 2014

Encontro teve apresentação na nova Central de Internação e discussão sobre sistema de avaliação de desempenho, na quarta-feira, dia 5 de fevereiro, no auditório do Hospital Alberto Rassi – HGG

O Conselho Local de Saúde (CLS) do Hospital Alberto Rassi – HGG promoveu na quarta-feira, dia 5 de fevereiro, no auditório da unidade, sua primeira reunião ordinária. O encontro contou com a apresentação da nova Central Humanizada de Internação e discussão sobre o Sistema Informatizado de Avaliação de Desempenho (SIAD). Os conselheiros também elogiaram a atuação da ouvidoria e foram informados sobre o projeto Gestão Cidadã, no qual estão inseridos.

No início da reunião, foi apresentado um vídeo explicativo sobre a Central Humanizada de Internação (CHI), que foi inaugurada no dia 23 de dezembro. De acordo com o diretor geral do HGG, André Braga, a ala garantiu mais conforto aos pacientes, que antes ficavam dentro do ambulatório esperando por atendimento. Ele lembrou ainda que antes, a área era tomada por prontuários médicos do Serviço de Arquivo Médico (Same), que estavam acumulados e oferecendo risco aos colaboradores.

Também foi apresentado o vídeo sobre o evento “Comunicador da Alegria”, que aconteceu no final de dezembro junto aos jornalistas e apresentadores dos veículos de comunicação de Goiás. A iniciativa foi aplaudida por uma usuária, que assistiu pela televisão o projeto e ficou interessada. Na oportunidade, o assessor de relações institucionais do Idtech, Alex Lima, citou a premiação Cecília Donnangelos, entregue pelo ministro da saúde para o Hospital Alberto Rassi – HGG, em reconhecimento ao trabalho de pesquisa de satisfação realizado na unidade.

A premiação, que enaltece a Ouvidoria do HGG, também rendeu elogios da conselheira e usuária do HGG há 15 anos Dinaura Maria da Silva Faria, que disse sempre ser bem atendida pela equipe da Ouvidoria do hospital. Após os informes, iniciou a discussão da pauta da reunião: esclarecimentos sobre o Siad. Por uma questão de ordem, aprovada pela maioria dos membros, os representantes do HGG fizeram uma abordagem sobre o que era e em que situação se encontrava o sistema, para poder contextualizar os usuários sobre o tema.

O SIAD veio para informatizar um processo já realizado dentro do HGG, cujo objetivo é avaliar o desempenho de cada colaborador. No sistema antigo, feito por um formulário de papel, o colaborador não tinha meios para fazer a sua autoavaliação, o que já se pode fazer com o novo método eletrônico. O sistema foi implantado em fase experimental e por isso, os superiores diretos continuarão preenchendo pelo método antigo, enquanto ajustes serão realizados e a Secretaria de Saúde avalie o sistema.

Segundo alguns conselheiros o novo Sistema gerou dúvidas aos servidores, que ficaram com receio de reduzir o valor da produtividade paga pelo Estado. A presidente do Conselho, Stefânia Nolasco, argumentou que a discussão sobre o SIAD deveria ser feita no âmbito de Conselho e que questões trabalhistas devem ser defendidas pelo Sindicato. De acordo com ela, a questão da produtividade sempre foi polêmica desde a sua implantação, muito antes da OS assumir a gestão da unidade, porque os supervisores sempre fizeram avaliações conforme sua conveniência, os mais próximos com notas máximas e os demais com notas pouco menores. O primeiro secretário do Conselho, Renato Cardoso Nascimento, também criticou o pagamento da produtividade e defende uma política salarial mais justa.

Ao final da reunião, os conselheiros decidiram por montar um grupo de trabalho formado por dois usuários, um trabalhador e um gestor/prestador, conforme paridade da composição do conselho, para acompanhar a implantação do Sistema.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700