Goiânia, 21 de outubro de 2017    




Notícias

(14/04/2014) Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG

Na última sexta-feira (11), uma série de atividades como aulas de dança e pintura foi desenvolvida para abordar a qualidade de vida do parkinsoniano. Coordenador da Seção de Neurologia, José Alberto Alvarenga, sanou as dúvidas dos portadores

“Foi inesquecível. É muito importante ter atividades assim para recuperar mais rápido”. Essas foram as palavras de Acelina Maria de Araújo, que faz tratamento no Hospital Alberto Rassi – HGG para tremor essencial, após participar das atividades realizadas na sexta-feira, 11 de abril, em comemoração ao Dia Mundial do Parkinson, que reuniu cerca de 40 pessoas na área externa da unidade

A primeira atividade do evento ficou por conta do fisioterapeuta Maurício Antônio de Farias , que ensinou uma série de exercícios físicos que os portadores de Parkinson devem fazer cotidianamente. “São exercícios fáceis, que não precisam de aparelhos. Vocês podem praticar em casa, com a ajuda de alguém. Fazendo isso todos os dias, vocês vão ver o quanto irão melhorar”, alertou.

Quem aprendeu tudo o que foi mostrado pelo fisioterapeuta foi Lucinei Maria de Araújo, filha da Acelina. “Minha mãe faz tratamento no HGG há tempos. Ela gosta muito do atendimento daqui e já melhorou bastante. É muito importante que ela participe de eventos assim. Na hora dos exercícios mesmo, eu disse pra ela que anotei tudo e que vou praticar com ela todos os dias”, afirmou. Outra atividade que despertou Lucinei foi a apresentação da bailarina Nathália Nascimento, que não deixou ninguém ficar parado. “Me encantei com a professora de dança. Achei muito interessante a postura. Você vendo pela televisão não tem a mesma emoção. Minha filha tem quatro anos e já vou matriculá-la para fazer balé”.

Já a melhor parte das atividades, segundo Douglas Ferreira Pires, de 45 anos, foi a aula de pintura com Alexandre Liah, da Escola de Artes Visuais. Portador de Parkinson desde a juventude, Douglas consegue lidar com a doenças com maestria, já que pratica todas a atividades para o tratamento da doença e conta com o apoio da família. “Pra mim, esse evento aqui é maravilhoso. Eu notei que muita gente está perdida. Eu tenho a iniciativa de procurar outras fontes para melhorar, mas tem gente aqui que não tem essa informação. Mais importante ainda é poder trazer os familiares, porque tem aqueles entes que não ajudam porque não entende. Graças a Deus minha esposa e minhas filhas me ajudam em tudo”, descreve.

A última atividade do Dia Mundial do Parkinson foi destinada aos esclarecimentos sobre a doença. O coordenador da seção de Neurologia, José Alberto Alvarenga, sanou as dúvidas dos presentes. “Difícil falar de Parkinson com quem é portador da doença. Vocês que deveriam estar aqui no meu lugar, me dizendo tudo”, brincou o médico que atendeu de prontidão todos os questionamentos.

O tratamento
O HGG presta atendimento específico para doentes de Parkinson por meio do Ambulatório de Distúrbios do Movimento, que trata, além dos portadores da doença, enfermidades como distonias, tremores, balismo, ataxia e outras. O ambulatório é coordenado por um especialista e conta com o apoio de dez médicos residentes. As consultas são as segundas, quartas e sextas-feiras. O ambulatório oferece diagnóstico, exames e tratamento, incluindo a aplicação de botox nos casos de distonia, cujo procedimento é realizado pelo Sistema Único de Saúde em Goiás somente no HGG.

Os doentes de Parkinson são atendidos às quartas-feiras. São 12 pacientes por semana, totalizando cerca de 50 pacientes por mês. Para ter acesso ao atendimento o paciente precisa ser encaminhado por médicos da rede de saúde pública. A assistência multidisciplinar - fisioterapia, fonoaudiologia e outros – é assegurada mediante encaminhamento à rede.

Fonte: IDTECH








GALERIA DE IMAGENS DO CONTEÚDO:

  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG
  • Dia Mundial do Parkinson reúne cerca de 40 pessoas no HGG





IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700