Goiânia, 30 de abril de 2017    




Notícias

(17/04/2014) Cipa promove campanha em comemoração ao Dia Mundial da Voz

Comemoração, que aconteceu nesta quarta-feira, dia 16, envolveu colaboradores em atividades de conscientização e orientação para o uso adequado e cuidados que devem ser tomados com a voz

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) promoveu nesta quarta-feira, dia 16, inúmeras atividades em comemoração ao Dia Mundial da Voz. Os colaboradores de todos os postos de trabalho da Organização receberam orientações e realizaram exercícios de aquecimento e relaxamento das cordas vocais, assistiram a uma peça teatral com a temática sobre cuidados que devem ser tomados para uma voz limpa e bonita, e ganharam, ainda, uma maçã.

Marília Jardim, presidente da Comissão, comemora o resultado da ação. Segundo ela, a receptividade dos colaboradores com as atividades foi muito boa, e o objetivo do evento foi cumprido. “As pessoas muitas vezes não veem a voz como parte do corpo, e não percebem que é uma questão de saúde cuidar dela também. Acredito que conseguimos conscientizar nossos colaboradores quanto a isso”, conclui.

Os membros da Cipa visitaram a Sede Administrativa do Idtech, a Central de Atendimento ao Cidadão – Teleconsulta, o Complexo Regulador, a Central de Informática, a Central de Processamento de Dados e o Hospital Alberto Rassi – HGG entregando folhetins informativos e uma maçã para cada colaborador. Mas, os destaques do dia ficaram para Ítalo Moreira, ator da Companhia Teatral Carlos Moreira, e Tânia Maestrelli, fonoaudióloga e professora da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), que, de forma dinâmica, orientaram os colaboradores sobre os cuidados necessários com a voz.

Ítalo, durante sua encenação, interpretou uma mulher que se apaixonou por um homem por causa da voz. Ele é ator há 21 anos e confessou que faz alguns rituais para cuidar das cordas vocais, já que depende delas para trabalhar.
Ele ilustra que antes das apresentações não ingere qualquer alimento laticínio, já que eles deixam a saliva mais grossa e causa pigarros. “Muita gente não sabe que a voz é como o corpo, e que precisa de cuidados. Eu espero que com a minha representação as pessoas se conscientizem da importância de manter a voz sempre limpa e saudável.”

Já a fonoaudióloga Tânia explicou aos colaboradores sobre a necessidade de realizar diariamente os exercícios de alongamento e aquecimento da laringe, respiração correta e articulação das palavras, que se não realizados corretamente podem lesar as cordas vocais. “Os profissionais que trabalham excessivamente com a voz devem ficar ainda mais atentos. Os exercícios preparam a laringe para esse uso constante, mas outros cuidados também devem ser tomados como beber bastante água para hidratar a garganta, ingerir sucos de frutas cítricas, não fumar e evitar alimentos pastosos, que deixam a saliva grossa”, orientou.

A agente de atendimento do Teleconsulta, Lilian Cristina, de 28 anos, gravou todas as dicas e promete seguir à risca as orientações de Tânia. Ela conta que, além de precisar da voz para trabalhar e prestar um bom atendimento ao cidadão, ela é membro de um coral na igreja que frequenta. “Foi muito esclarecedor e importante participar de todas essas atividades. A gente sempre vê falar que precisa cuidar da voz, mas nunca colocamos isso em prática.”

Shirley Perpétua, de 44 anos, colaboradora do Complexo Regulador, disse que nunca tinha feito nenhum tipo de exercício para as cordas vocais, nem mesmo tomado qualquer cuidado para não danificar a voz. Ela garante que depois da palestra ministrada pela fonoaudióloga aprendeu e se conscientizou que é importante executar as atividades que fortalecem, relaxam e aquecem as pregas vocais. “Frutas cítricas, a maçã, os exercícios, tudo isso vou trazer para o meu dia-a-dia. Foi muito satisfatório participar da campanha e receber essas orientações”, assegura.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700