Goiânia, 27 de abril de 2017    




Notícias

(13/06/2014) Plateia Social promove inclusão no musical sobre Cazuza

Em comemoração aos dois anos de existência do Projeto, Idtech levará convidados de entidades de assistência a pessoas com Aids no espetáculo deste sábado, dia 14, no Teatro Rio Vermelho

Cazuza, o primeiro ídolo nacional a admitir que estava com Aids, é exemplo pela sua coragem e pela forma que escancarou a doença. Com a sua atitude, lutou publicamente contra o preconceito. Neste sábado, dia 14 de junho, dez pessoas que sentiram na pele o mesmo drama de descobrir o HIV, terão a oportunidade de assistir o espetáculo musical “Cazuza Pro Dia Nascer Feliz”, que retrata a vida do cantor. A iniciativa é do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), que comemora os dois anos do Projeto Plateia Social, que visa a inclusão cultural.

Os convidados são do Condomínio Solidariedade, Grupo Pela Vidda e Movimento IgualdAids, liderado por André Luiz Melo Santos, que ajudou na seleção dos participantes. Como o objetivo é incluir, o grupo não ficará em cadeiras especiais. “Nosso propósito é romper as barreiras do preconceito e ampliar o acesso das pessoas para os espetáculos culturais, como este, que é uma lição de vida para todos nós”, disse o coordenador executivo do Idtech, José Cláudio Romero.

O espetáculo ocorrerá no Teatro Rio Vermelho, às 21 horas. Entre os convidados está Maria de Lourdes Ferreira, que convive há quase 25 anos com Aids. Por ter perdido os movimentos do corpo, há 14 anos que ela não assiste a um espetáculo teatral. “Eu frequentava os teatros e será muito bom poder voltar e assistir ao musical sobre Cazuza. Eu sou louca nele e fui sua seguidora. Temos algo em comum, que é o problema de saúde”, pontuou.

Plateia Social
O projeto de inclusão cultural do Idtech, que completa dois anos no dia 22 de junho, teve início com o espetáculo “Dona Flor e seus Dois Maridos”, baseado na obra de Jorge Amado. Desde então, cerca de seis mil pessoas já foram contempladas não só com peças teatrais, mas também com shows, exposições e cinema. Já foram 46 edições realizadas, contemplando diferentes públicos, como por exemplo, moradores de bairros periféricos ou pessoas que recebem assistência de entidades filantrópicas.

Espetáculo
O espetáculo conta a trajetória de vida e carreira de um dos maiores músicos do país por meio de diversos números musicais. A montagem de Aloísio de Abreu e direção de João Fonseca reúne alguns dos maiores clássicos de Cazuza em carreira solo e Barão Vermelho, como “Pro Dia Nascer Feliz”, “Codinome Beija Flor”, ‘Bete Balanço’, ‘Ideologia’, ‘O Tempo não para’, ‘Exagerado’, ‘Brasil’, ‘Preciso dizer que te amo’, ‘Faz parte do meu show’ estão presentes no roteiro, que reserva espaço também para composições de Cazuza que ele nunca chegou a gravar, como ‘Malandragem’, ‘Poema’ e ‘Mais Feliz’.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700