Goiânia, 21 de julho de 2017    




Notícias

(24/06/2014) Após seis meses, pacientes retiram balões intragástricos

Dezessete participantes do Programa de Controle e Cirurgia da Obesidade (PCCO) que colocaram os balões em novembro de 2013, voltaram para realizar a retirada e se prepararem para a cirurgia bariátrica

Dezessete pacientes do Programa de Controle e Cirurgia da Obesidade (PCCO) voltaram ao Hospital Alberto Rassi – HGG na última quarta-feira, 18 de junho, para retirarem os balões intragástricos, que foram colocados para auxiliar na perda de peso, em novembro de 2013.

Juliana Renilda Tavares, de 31 anos, foi uma das pacientes que mais eliminou peso após colocar o balão: foram 26 quilos. A monitora, que reside em Bela Vista de Goiás, está sendo considerada apta por todos os profissionais do PCCO e está com tudo certo para a cirurgia bariátrica, que poderá ser realizada no mês de agosto. “Ainda estou um pouco insegura porque não adianta querer emagrecer e a cabeça não mudar para atingir essa meta. A cirurgia não resolve, ela apenas ajuda. Preciso ter meu psicológico trabalhando junto com meu corpo”, disse.

Segundo o chefe do Serviço de Gastroenterologia do HGG, Américo de Oliveira Silvério, a média de redução de peso das pacientes que colocaram o balão variou entre 9 e 30 quilos. “Algumas perderam mais, outras menos. A perda de peso varia com o organismo e também com a dieta e prática de exercícios. O importante é que elas tenham em mente que precisam dar continuidade ao processo de emagrecimento para que possam realizar com segurança a cirurgia bariátrica”, ressalta o médico.

A enfermeira do PCCO, Graziela Freire Cavalcante, que acompanha as pacientes desde o início do tratamento, não segurou as lágrimas e se emocionou com a conquista do grupo. “Eu me emociono muito por vê-las tão felizes. Nós nos tornamos membros da família de cada um desses pacientes porque dividimos tristezas e conquistas”, comenta. E o sentimento é recíproco. “Me apeguei tanto às meninas que até sinto falta delas. Aqui todo mundo é amigo, é tratado com carinho e dignidade. Eu só tenho a agradecer por tudo”, agradeceu a paciente Juliana.

“O mais recompensador é ver que nosso pacientes têm consciência do estado de saúde deles. Eles sabem que precisam ser considerados aptos por todos os profissionais do programa para realizarem a cirurgia bariátrica. O balão, por exemplo, o qual eles ficaram por seis meses, ajudou na perda do peso e contribui para que eles façam a cirurgia sem riscos”, finaliza Graziela.

PCCO
O PCCO é direcionado a pacientes com obesidade grau III, ou seja, àqueles que possuem o Índice de Massa Corpórea (IMC) acima de 40. O atendimento multidisciplinar e integral é realizado por uma equipe multiprofissional formada por psicólogos, fisioterapeutas, assistentes sociais, fonoaudiólogos, enfermeiros e nutricionistas. A equipe tem ainda o apoio de médicos cardiologistas e pneumologistas e conta com o respaldo de todas as demais especialidades do Hospital.

A cirurgia bariátrica é a última alternativa do tratamento. O paciente é considerado pronto para ser operado quando consegue emagrecer, de forma saudável, a quantidade de quilos estipulada pela equipe médica. Após o procedimento cirúrgico, não se desliga do Hospital. É orientado a participar dos encontros mensais.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700