Goiânia, 23 de maio de 2017    




Notícias

(25/06/2014) Representantes da Semped, Amma e SMT avaliam calçada do HGG

Comitiva avaliou projeto de reforma da calçada externa do Hospital Alberto Rassi – HGG, além de verificarem situação atual de acessibilidade do passeio público

O Hospital Alberto Rassi – HGG recebeu a visita de representantes da Secretaria Municipal de Pessoas com Deficiência ou Mobilidade Reduzida (Semped). Estiveram presentes a secretária Cidinha Siqueira; o diretor de acessibilidade, Edson Ribeiro; a arquiteta, Bianca Machado; e a engenheira Ednalda Maria. Além dos representantes da Semped, a comitiva foi formada também pela arquiteta Sarah Rassi, da Secretaria Municipal de Trânsito (SMT), e do gerente de arborização da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma), Fernando Lemos.

A reunião teve como objetivo discutir o projeto de implantação da nova calçada externa do hospital, que apresenta problema de acessibilidade para pessoas com deficiência física e também para os próprios pacientes da unidade, que tem como maioria dos usuários pessoas idosas. De acordo com Cidinha, toda a cidade deve ser planejada e estruturada para oferecer inclusão não somente aos deficientes. “A acessibilidade tem que ser boa para todos”, disse.

O diretor de acessibilidade da Semped, Edson Ribeiro, compartilha da opinião da titular da secretaria. Ele explica que o HGG, por ser uma unidade hospitalar, deve ser referência para o poder público e comunidade. “Ter uma calçada acessível atende ao principal direito do cidadão, que é o de ir e vir.”

Sarah Rassi, representante da SMT na comitiva, explica que a prefeitura tem incentivado à comunidade a construir calçadas dentro dos padrões de acessibilidade. Segundo a arquiteta, a SMT está disponível para orientar as pessoas sobre a forma correta de implantação do calçamento. “O poder público quer que as pessoas façam da forma correta, ainda mais o HGG que, por ser um hospital, as pessoas já tem a mobilidade reduzida”, pontua.

Para avaliar melhor a situação atual da calçada da unidade hospitalar, a comitiva deu a volta por todo o quarteirão. O gerente de arborização da Amma, Fernando Lemos, aproveitou a oportunidade para realizar um breve estudo sobre as árvores que estão em situação fitossanitária inadequada e deverão ser retiradas. “Algumas árvores já são bem antigas, com ciclo de vida avançado. Mas, ao mesmo tempo também não podemos retirar todas, faremos um estudo aprofundado sobre cada uma delas”, afirma.

Calçada Sustentável
O assessor técnico do Idtech, Daniel Régis, explica que o projeto Calçada Sustentável prevê que o passeio público seja ao mesmo tempo acessível e sustentável. De acordo com ele, algumas iniciativas como utilizar assoalho permeável e vegetação, para que haja drenagem da água pluvial, e também o uso do piso tátil, para facilitar o acesso dos deficientes visuais, contribuem para uma calçada mais acessível.

Régis apresentou o projeto à comitiva da Prefeitura Municipal acompanhado pelo diretor de Ensino e Pesquisa do HGG, Marcelo Rabahi; e o diretor administrativo, Alessandro Purcino. “A nossa intenção é revitalizar a calçada que já é bastante antiga e desgastada, e empregar também os padrões urbanísticos e da arquitetura para acessibilidade”, finaliza o assessor


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700