22/03/2019 - Secretário de Saúde apresenta renovação de contrato de gestão do HGG



Ismael Alexandrino anunciou os termos de renovação do contrato de gestão com o Idtech em solenidade realizada na quarta-feira (20). A meta é aumentar o número de procedimentos realizados

O secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino, apresentou na quarta-feira, 20 de março, os termos da renovação do contrato de gestão com o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) para a administração do Hospital Estadual Dr. Alberto Rassi (HGG) por mais um ano. A renovação do contrato foi anunciada durante solenidade no auditório Dr. Luiz Rassi, no 5º andar do HGG.

O novo acordo traz algumas alterações, entre elas, a redução do valor mensal global de R$ 13.199.739,29 para R$ 10.809.374,16, sendo que, deste valor, mensalmente são deduzidos os descontos estatutários, ou seja, o valor total da folha de pagamento dos servidores do Estado, que gira em torno de R$ 3.600.000,00, já que o valor é variável mês a mês. Além disso, o incremento no número de internações, cirurgias e de consultas ambulatoriais, além da implantação em 2019 do Serviço de Transplantes Cardíacos.

“Buscamos implementar uma inteligência nos indicadores do contrato visando otimizar a eficiência operacional e financeira também. Aumentamos o número de saídas cirúrgicas, de consultas ambulatoriais médicas e não médicas, reduzimos o tempo de internação do paciente e, ao mesmo tempo, colocamos indicadores para que se o paciente voltar em um prazo de 48h seja sinalizado. Precisamos buscar eficiência e não somente números”, enfatizou.

A expectativa para 2019 é passar a realizar aproximadamente mais de oito mil procedimentos cirúrgicos, com uma média de 700 cirurgias por mês que já serão contabilizadas a partir de março.

Segundo o secretário, o objetivo do novo governo é manter a qualidade do HGG e potencializar ainda mais os atendimentos à população. “Estamos entrando em uma nova fase no HGG, que é a maturidade do modelo de gestão. Apesar da redução do repasse, não abriremos mão da qualidade. Iremos reduzir o tempo de internação dos pacientes, o que abrirá novas vagas de leito, no centro cirúrgico e em toda a unidade”, explicou.

Para o diretor técnico do Hospital, Durval Pedroso, a redução do contrato mostra a capacidade de melhoria da gestão operacional da unidade. “É uma forma inteligente de se utilizar a gestão dentro do hospital para intensificar os serviços, ofertando mais cirurgias e mais procedimentos à população”, disse.

Dentro do rol de atendimento do HGG, várias especialidades são contempladas, mas a unidade tem se destacado nos últimos anos no serviço de transplantes, principalmente o de rim. “O HGG está entre os dez maiores centros de transplantes de rim do país. Em 2018 inauguramos o serviço de transplante de fígado e já realizamos cinco procedimentos e, para 2019, nossa meta será iniciar o serviço de transplante cardíaco, previsto já para o primeiro semestre”, adianta.




Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS