31/05/2019 - Hemocentro participa de Simpósio Franco Brasileiro em Brasília



Evento aconteceu em Brasília nos dias 14 e 15 de maio e foi importante para estreitar laços com outras unidades do País

A assessora técnica do Hemocentro de Goiás, Denyse Goulart, participou nos dias 14 e 15 de maio do Encontro Nacional de Hematologia e Hemoterapia – XV Simpósio Franco Brasileiro, realizado pelo Ministério da Saúde, em Brasília. O evento contou com mesas redondas em que foram discutidos o gerenciamento de sangue de pacientes, as questões éticas e os desafios atuais da doação voluntária, tanto na França quanto no Brasil, as ferramentas de qualidade aplicadas à medicina transfusional e ações para segurança do paciente aplicadas nos serviços de Hemoterapia no Brasil, além da experiência de sistemas baseados em certificações e acreditações. Durante o evento houve ainda uma conferência, dada pelo Diretor Adjunto do
Estabelecimento Francês de Sangue na Guiana, Pierre Selles, sobre a perspectiva francesa do caminho a seguir na medicina transfusional.

Para Denyse, o encontro serviu para aproximar hemocentros de todo o país e trocar experiências, inclusive internacionais. “Foi um encontro entre os representantes dos hemocentros de todo o país junto à coordenação geral do sangue e a federação francesa de hemoterapia. Foi um momento muito produtivo, onde a gente conseguiu interagir com os outros hemocentros, trocar experiências de boas práticas de serviço de saúde, principalmente em relação à França, onde tem métodos bem avançados de segurança do paciente e de produção de hemocomponentes.”

Outro ponto citado pela assessora técnica do Hemocentro é a possibilidade de criar oportunidades para a unidade goiana, inclusive de treinamentos e suporte técnico. “A partir desse simpósio nós conseguimos abrir novas oportunidades para o Hemocentro. Já foram articulados alguns treinamentos que serão disponibilizados pelo Ministério da Saúde, foi acordado com a Coordenação Geral do Sangue também um suporte técnico ao Hemocentro para a realização do Plano Nacional de Qualidade da Hemorrede. Sistema de apadrinhamento de outros hemocentros que são referência no país para o hemocentro de Goiás também. Foi um momento bastante rico de troca de experiência e aprendizado também quanto aos procedimentos de hemoterapia e hematologia”, finaliza Denyse.




© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS