18/06/2019 - Ações marcam Dia Mundial do Doador de Sangue



Site com Banco de Sangue Virtual do Hemocentro de Goiás foi lançado pela Secretaria de Estado da Saúde e ações foram realizadas no Hemocentro e no HGG

Uma série de ações marcou o Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado no dia 14 de junho, em Goiânia. A Hemorrede coordenada pelo Hemocentro realizou uma série de ações visando a conscientização da importância de o cidadão doar sangue constantemente, evitando assim, o desabastecimento dos bancos de sangue, que este mês ultrapassou a marca de mil bolsas em estoque.

Uma das iniciativas foi o lançamento das redes sociais do Hemocentro, assim como do site da instituição, que conta com Banco de Sangue Virtual, ferramenta que possibilita o cadastro prévio do doador pela internet e seu acionamento em caso de necessidade, como explicou o secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino Júnior. “A nossa intenção é aproximar, ter maior interação com o cidadão para que estimule esse cidadão a realizar a doação de sangue. Então no site, no Instagram e no Facebook nós teremos informativos que vão estimular isso. No caso do site, tem o Banco Virtual de Sangue que o cidadão pode entrar, fazer seu cadastro prévio, colocar os documentos, informar seu tipo sanguíneo. Isso cruzará com nosso banco de dados, com aquele tipo sanguíneo que estamos precisando e, eventualmente, entraremos em contato com esse cidadão.” O cadastro pode ser feito pelo site www.hemocentro.org.br.

Ainda dentro do lançamento do site e das redes sociais, a unidade móvel do Hemocentro esteve nesta sexta-feira na Secretaria de Estado da Saúde, onde recebeu doações de servidores e de pessoas que passaram pelo local. Uma das doadoras foi a superintendente de Educação em Saúde e Trabalho para o SUS (SEST-SUS) da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), doutora em Ciências e Tecnologias em Saúde, Luciana Vieira. “Doar sangue realmente é uma coisa muito importante para mim. É um ato gratuito, não dói, você não perde nada. Quando eu entrei na faculdade eu tinha 17 anos e nós organizamos um dos primeiros trotes solidários com a doação de sangue e eu não pude participar porque ainda não tinha 18 anos. Aí no dia do meu aniversário, a primeira coisa que eu fiz foi ir ao hemocentro, doar sangue.”

Outras ações foram realizadas no próprio prédio do Hemocentro, onde voluntários do Grupo Arte e Alegria foram fazer a doação vestidos de palhaços e fizeram apresentação incentivando a boa ação. “Desde o começo do mês estamos fazendo campanha nas redes sociais para incentivar o pessoal a doar sangue. Hoje nós viemos fazer a doação e incentivar também outras pessoas a doarem" diz Felícia, que liderava o grupo de voluntários

Abrale
Além da Arte e Alegria, membros da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale) e da Associação Brasileira de Talassemia (Abrasta) estiveram no Hemocentro para receber torcedores do Goiás Esporte Clube. A associação lançou este mês a campanha Sangue Torcedor, movimentando as redes sociais para que torcedores de times de futebol de todo o país doassem sangue. No Estado, a campanha foi feita com torcedores do Goiás Esporte Clube. O Dia Mundial do Doador de Sangue foi tema ainda do Saúde na Praça, evento realizado pelo Hospital Alberto Rassi – HGG, na praça Abrão Rassi, em frente ao hospital.




© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS