04/09/2019 - Campanha de incentivo à doação de medula óssea será lançada nesta quinta-feira, 5 de setembro



Hemocentro realiza lançamento oficial na recepção do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, às 8 horas

No mês em que se comemora o Dia Mundial do Doador de Medula Óssea, o Hemocentro de Goiás (HEMOGO) lança campanha de incentivo à doação de medula de óssea. A solenidade acontece nesta quinta-feira, 5 de setembro, às 8 horas, na recepção do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, na Praça Cívica, e contará com a apresentação do Quarteto de Cordas, da Orquestra Filarmônica de Goiás.

A diretora geral do HEMOGO, Denyse Goulart, explica que o primeiro passo para se tornar doador de medula é se cadastrar. “A equipe do Hemocentro realizará o cadastro dos candidatos e em seguida serão colhidos 5ml de sangue para a realização de teste de compatibilidade. Todas essas informações serão cadastradas no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME) e quando aparecer um paciente com a medula compatível com a do doador, ele é chamado”.

Denyse explica que o objetivo da campanha é aumentar o número de potenciais doadores, já que a compatibilidade familiar geralmente é baixa. “O transplante de medula óssea beneficia o tratamento de cerca de 80 doenças diferentes incluindo câncer, leucemias, linfomas, anemias. Atualmente a maior dificuldade é encontrar pessoas compatíveis, mesmo entre familiares, a compatibilidade disponível hoje é de cerca de 25% nas famílias brasileiras. Então 75% dos pacientes precisam recorrer à população em geral para encontrar doadores compatíveis, por isso investimos nas campanhas para incentivar a população”.

Saiba mais:

O que é a medula óssea?

A medula óssea é um tecido gelatinoso que ocupa o interior dos ossos, sendo conhecido popularmente por “tutano”. Na medula óssea são produzidos os componentes do sangue: as hemácias (glóbulos vermelhos), os leucócitos (glóbulos brancos) e as plaquetas. O transplante de medula óssea é recomendado a pacientes com doenças que afetam as células do sangue como leucemias, anemia aplástica e linfomas.

Para se tornar um doador é preciso ter entre 18 e 55 anos de idade; estar em bom estado geral de saúde e não ter doença infecciosa transmissível pelo sangue. Não é necessário estar em jejum.

Confira os locais em que o Hemocentro realizará o cadastro de doadores:

05/09 – Lançamento oficial – Palácio Pedro Ludovico Teixeira – Praça Cívica
11/09 – Hospital e Maternidade Dona Íris (Agência Transfusional)
17/09 – Hospital de Doenças Tropicais (HDT)
20/09 – Hospital das Clínicas (HC)
25/09 – Lacen
26/09 – Superintendência da Polícia Federal
27/09 - Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG
30/09 – Hugol (Central de Transplante)




Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS