21/10/2019 - Colaboradores do Hemocentro recebem treinamento sobre sistema MV



Capacitação aconteceu nesta quinta-feira, 17 de outubro, no auditório da unidade

Nesta quinta-feira, 17 de outubro, o Hemocentro Coordenador Prof. Nion Albernaz promoveu treinamento para os coordenadores e executores administrativos sobre a manutenção do Sistema MV. A novidade é que partir de agora as áreas deverão abrir os chamados, ou seja, solicitar algum serviço, diretamente no sistema. O treinamento foi ministrado pelo assessor de tecnologia da informação, Cleyton Teixeira, que orientou sobre abertura, fechamento e verificação de ordem de serviço (O.S), além da elaboração de relatórios de O.Ss.

A diretora administrativa do Hemocentro, Núbia Borges, contextualizou o treinamento exemplificando casos recentes de falta de planejamento, mostrando as consequências desse tipo de comportamento. “No país temos sofrido as consequências de ações mal projetadas, mal acompanhadas, mal executadas. Tivemos o caso do edifício de Fortaleza que desabou, o hospital do Rio de Janeiro que pegou fogo e a gente se pergunta: é uma fatalidade? Poderia ter sido evitado? Nós que trabalhamos no ambiente hospitalar temos muita responsabilidade. Cada um de vocês tem um papel muito importante na gestão”, explicou.

A diretora ressaltou que o objetivo do treinamento colocar em prática mais uma ação preventiva que nossas unidades vão ter. ”Estamos no momento que o Hemocentro está dando um passo de cada vez para atingir o objetivo, e hoje estamos apresentando a forma para acionar os chamados. Esses chamados serão automáticos, cada gestor vai abrir um, para manutenção predial e manutenção de equipamentos de engenharia clínica. Não precisará mais cobrar por e-mail. Agora será tudo via sistema. E vai ficar registrado por prioridades”, complementou.

Chamados para engenharia clínica

A informatização do processo de gestão de tecnologias médico laboratoriais já é uma realidade no Hemocentro Coordenador com o uso do software Effort by Global Things. Desde o dia 14 de outubro, todas as áreas técnicas através de seu usuário e senha, começaram a registrar os chamados que serão tratados por criticidade pelo setor de Engenharia Clínica.

O mesmo deve ocorrer nas demais unidades da Hemorrede no prazo estimado de 30 dias. O sistema tem como objetivo aprimorar o gerenciamento dos equipamentos médico laboratoriais desta rede e todo o processo de manutenções corretivas, preventivas, calibrações e indicadores, visando a otimização dos processos.




Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS