02/12/2019 - Aspectos hereditários do câncer é tema de palestra no Ambulatório



Ação aconteceu nesta quinta-feira, 28 de novembro, em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Câncer

Em comemoração ao Dia Nacional de Combate ao Câncer, o Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG promoveu na manhã desta quinta-feira, 28 de novembro, palestra para orientar o público que aguardava por atendimento no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA). O médico geneticista Ricardo Henrique Almeida Barbosa explicou que apenas 10% dos cânceres são hereditários, todo o restante é esporádico.

“Foi uma atividade para orientar os usuários e explicar quais são os fatores de risco, como história na família, câncer em idade jovem antes dos 50 anos e famílias com muitos casos de cânceres. Alguns específicos são bem raros como no ovário, no músculo. Os casos hereditários não podem ser evitados, porém existem medidas que evitam até 90% o aparecimento, que são algumas cirurgias, alguns protocolos de exames diferentes para serem feitos, porém cada caso deve ser avaliado separadamente”, explicou o médico.

Saiba mais:

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), em geral o câncer não é hereditário. Existem apenas alguns raros casos que são herdados, como o retinoblastoma, um tipo de câncer de olho que ocorre em crianças. No entanto, existem alguns fatores genéticos que tornam determinadas pessoas mais sensíveis à ação dos agentes ambientais que causam o câncer, o que explica por que algumas delas desenvolvem câncer e outras não, quando expostas a uma mesma substância cancerígena. Alguns tipos de câncer de mama, estômago e intestino parecem ter um forte componente familiar, embora não se possa afastar a hipótese de exposição dos membros da família a uma causa comum.





Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS