19/03/2020 - Secretaria Municipal de Saúde implanta Central Humanizada de Orientações Sobre o Covid-19



Programa oferecerá orientações sobre o coronavírus à população e aos profissionais de saúde pelos próximos 90 dias

Com objetivo de levar informações precisas sobre o coronavírus, a Secretaria Municipal de Saúde lança a Central Humanizada de Orientações sobre o Covid-19 nesta quinta-feira, 19 de março. A central de atendimento contará com a atuação de profissionais da saúde, como médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem que estarão disponíveis pelo telefone temporário (62) 3267-6123, das 7 às 19 horas. Na próxima semana, um novo número de 0800 deverá ser apresentado para que a população possa sanar todas as dúvidas gratuitamente a partir de uma fonte segura, que neste caso é a Secretaria Municipal de Saúde. A Central Humanizada de Orientações estará disponível durante todos os dias da semana, inclusive aos finais de semana e feriados.

Inicialmente, a Central funcionará pelos próximos 90 dias e será incorporada à Central de Atendimento ao Cidadão – Teleconsulta, da Prefeitura de Goiânia. Ao todo, 69 profissionais vão compor a equipe de assistência e orientação remota aos cidadãos goianienses. Para que esse atendimento seja eficaz no enfrentamento da doença, os profissionais passaram por uma capacitação realizada nesta quarta-feira, 18 de março, sob a orientação de representantes da Secretaria Municipal de Saúde.

Presente nessa capacitação, a secretária municipal de Saúde, Fátima Mrue, disse que o principal objetivo da Central Humanizada é tirar as dúvidas relacionadas ao coronavírus sem que o cidadão precise se dirigir até uma unidade de saúde. "Muitas pessoas têm procurado as unidades de saúde com dúvidas que poderiam ser resolvidas por telefone, sem a necessidade de ir até o hospital ou pronto socorro. Por isso, esse canal de atendimento vem para auxiliar na proteção dessas pessoas, que poderão tirar as dúvidas com médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem sem sair de casa e, principalmente, sem se expor a um possível contato com o vírus", enfatiza a secretária.

Capacitação técnica

A capacitação dos profissionais que atuarão na Central Humanizada de Orientações sobre o Covid-19 foi ministrada por representantes da Secretaria Municipal de Saúde. As atividades se dividiram em duas turmas, para que não houvesse aglomeração de pessoas. De acordo com a médica infectologista Nádia Maciel, integrante da equipe responsável pelo treinamento, o foco da atividade é a preparação dos profissionais de saúde para que possam realizar o teleatendimento da melhor forma possível. "Nós precisamos capacitar esses teleconsultores para que a população tenha acesso a informações confiáveis quanto ao vírus, ao tratamento e sobre o próprio quadro clínico em caso de suspeita de contaminação. Nesse treinamento esses profissionais de saúde foram capacitados a avaliar se o quadro daquela pessoa ao telefone demanda uma ida ao posto de saúde, uma vez que a superlotação das unidades é o menos indicado no caso de uma pandemia como essa", enfatiza a médica.

Já Renan Moreira, médico que fará parte do time de teleatentimento da Central Humanizada, diz que essa é uma ferramenta inovadora e que será muito útil no enfrentamento ao coronavírus. "Essa é uma novidade que a gente tem de fazer a contenção dos casos e de realizar uma orientação precisa e segura à população. Em tempos de fake news, é essencial que exista um canal oficial de informações com orientações médicas individuais, como é o caso da ligação telefônica. Como médico, a gente sabe que esse tipo de ação pode fazer toda a diferença na contingência dessa pandemia", assegurou o profissional de saúde.

Central de Orientações

Em meio à pandemia mundial do coronavírus, a Prefeitura de Goiânia declarou situação de emergência com objetivo de conter a proliferação do vírus na capital. Entre as medidas de enfrentamento adotadas pelo município contra a doença está a criação da Central Humanizada de Orientações Sobre o Covid-19. O projeto tem o intuito de oferecer serviços de apoio e orientação à população em geral e aos profissionais de saúde sobre as condutas adequadas diante de quadros suspeitos de coronavírus e será gerida pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech).

Entre os principais objetivos da iniciativa figuram a facilidade ao acesso a informações oficiais relacionadas ao vírus; a orientação à população e profissionais de saúde sobre a conduta diante do Covid-19; minimizar a disseminação do pânico entre as pessoas; transmitir orientações corretas para evitar a superlotação de unidades de saúde; detectar previamente casos que mereçam maior atenção epidemiológica e tranquilizar a população no que diz respeito às políticas públicas de enfrentamento a doença.



© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS