08/05/2020 - Agendamento de doação de sangue pela internet já está disponível em todas as unidades da Hemorrede Pública de Goiás



Ferramenta foi adotada para organizar o fluxo de pessoas nas unidades e dar mais segurança aos doadores

A Hemorrede Pública de Goiás disponibilizou o agendamento on-line e por telefone para doações de sangue em todas as unidades do Estado. O serviço foi implantado seguindo orientação do Governo de Goiás e da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES) para evitar aglomerações e dar mais segurança aos doadores e pacientes que são atendidos nas unidades. "O agendamento é uma medida para evitar aglomerações, como ação de segurança para o doador diante da pandemia Covid-19", ressalta a diretora-geral da Hemorrede, Denyse Goulart. Além disso, a nova ferramenta dará celeridade ao atendimento na unidade. "É importante ressaltar que quem for até uma unidade da Hemorrede sem agendamento prévio, também será atendido normalmente pela equipe de coleta", afirma.

O agendamento pode ser feito pelo site http://agenda.hemocentro.org.br. "O serviço permite ao usuário escolher o melhor dia e horário para fazer sua doação. Com isso, manteremos um agendamento de, no máximo, dez pessoas por hora para evitar aglomerações na unidade", esclarece Denyse. Quem preferir, também pode marcar um horário, ligando no telefone da unidade, que está disponível no site: hemocentro.org.br.

A redução do número de doadores voluntários está sendo registrada em todas as unidades da Hemorrede Pública de Goiás em função das medidas restritivas no enfrentamento ao Covid-19, além de outros receios sobre a doação de sangue, mas a diretora afirma que o ato não expõe o doador a nenhum risco. "Não existe evidência de transmissão de coronavírus por transfusão de sangue, e temos seguido as orientações que o Ministério da Saúde (MS) estabeleceu para segurança dos doadores", explica.

Segundo a diretora, a nota técnica do MS orienta para que pessoas que tiveram contato com pacientes infectados ou com suspeita de Covid-19 fiquem impedidas de doar sangue pelo prazo de 14 dias. Para quem foi considerado caso suspeito ou confirmado, o prazo é de 30 dias após a remissão dos sintomas. Além disso, todos os doadores passam por uma criteriosa triagem que verifica se o candidato está apto para fazer a doação de sangue.

Denyse destaca também que foi adotado um protocolo de contingenciamento da doença, com reagendamento de pacientes crônicos e redução do número de acompanhantes. Além disso, foi estabelecida uma distância mínima entre as cadeiras de espera. "Reforçamos a rotina de limpeza e desinfecção de cadeiras, maçanetas e corrimões e instalamos dispensers com álcool em gel em todas as entradas da unidade, para que o doador faça a higienização das mãos logo na chegada ao Hemocentro", afirma.

Quem pode doar?
Os requisitos básicos para passar pela entrevista pré-doação de sangue são: estar saudável, ter peso acima de 50 kg, apresentar documento com foto válido em todo o território nacional e idade entre 16 e 69 anos, sendo que antes de completar 18 anos é necessária uma autorização dos pais ou responsáveis e, se acima de 60 anos, ter realizado pelo menos uma doação até essa idade. Quem tomou a vacina da febre amarela deve aguardar 30 dias para fazer uma doação. Já para vacina contra gripe, o prazo é de 48 horas.





Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS