05/06/2020 - Colaboradores da Hemorrede de Goiás participam de webinar da Anvisa



Seminário virtual foi realizado na manhã desta quarta-feira, 3 de junho, e falou sobre práticas de segurança do paciente

Os colaboradores da Hemorrede Pública de Goiás participaram de um seminário virtual, também conhecido como webinar, oferecido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na manhã desta quarta-feira, 3 de junho. Nesse webinar, a Agência abordou o tema Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente, em que enfatizou assuntos como a gestão de riscos, o aprimoramento da qualidade e a aplicação das boas práticas em serviços de saúde.

Em Goiás, os profissionais da saúde que atuam nas unidades de coleta de toda a Hemorrede se dividiram para participar do seminário e aprimorar as estratégias adotadas diariamente nas unidades. Para a diretora técnica da Hemorrede, Ana Cristina Novais, essa é uma ação com grande significado. "Os conteúdos que nós vivenciamos hoje serão fundamentais para fazermos ações educativas sobre a temática e para a implantação dos Núcleos de Segurança do Paciente em todas as unidades da Hemorrede. Essa foi a nossa primeira experiência com um webinar com essa temática e isso será essencial para melhorar ainda mais a qualidade na assistência que nós prestamos, assim como o cumprimento ideal das normas sanitárias exigidas pelos órgãos de controle", comenta a diretora.

Maycon Leite, que é enfermeiro na Unidade de Coleta e Transfusão (UCT) de Porangatu, participou do webinar e garante que os conteúdos farão grande diferença no dia a dia dos profissionais de saúde. "Todo o processo realizado nos serviços de hemoterapia, sobretudo no atendimento ao doador, passa por uma dinâmica de cuidados que precisam ser bem estruturados e planejados. A segurança do paciente se inicia nos cuidados que são ofertados desde o início do ciclo do sangue, com o doador na unidade de coleta, até a transfusão ou tratamento de quem necessita da doação. Por isso, essa discussão sobre as práticas de segurança que realizamos nesse webinar terá um reflexo tão significativo na qualidade dos serviços que ofertamos nas unidades de coleta e transfusão", garante o enfermeiro.

A participação nesse seminário virtual foi possível graças ao investimento em tecnologia da informação realizado pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), que é a organização social responsável pela gestão da Hemorrede. Desta forma, o conteúdo disponibilizado pela Anvisa pôde ser reproduzido em todas as unidades do Estado e possibilitou interações por chat em tempo real entre os participantes. Para aqueles que não puderam participar nesse horário, por estarem em atendimento clínico, por exemplo, a gravação permanecerá disponível no mesmo endereço virtual da transmissão (https://bit.ly/3eMSfbE).



© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS