31/07/2020 - Idtech repassa doação de livros à Associação Polivalente São José



Ao todo, 59 livros foram oferecidos à instituição que atende crianças e adolescentes

Sempre atento às questões sociais, o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) repassou, no último dia 23 de julho, 59 livros para a Associação Polivalente São José, em Goiânia, que atende atualmente cerca de 250 crianças e adolescentes carentes. A doação, oferecida pela escritora Iracema Dantas, por intermédio da artista plástica e conselheira do Idtech, Helena Vasconcelos, é composta por 38 livros didáticos e 21 de histórias infantis, que ajudarão nos trabalhos oferecidos pela instituição, entre elas o reforço escolar. Os livros foram doados inicialmente ao Instituto para compor o projeto Dose de Letras, que atende aos pacientes do Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG e tem o objetivo de incentivar a leitura, além de minimizar e prevenir efeitos e sintomas negativos da hospitalização. Mas, com a suspensão temporária do projeto em decorrência da pandemia do novo coronavírus, os livros foram destinados à Associação, onde poderão dar frutos desde já.

De acordo com a gerente de Serviço Social do Idtech, Sandra Costa, contribuições sociais para instituições como a Associação Polivalente São José constituem uma das principais características do Instituto. Segundo ela, existem hoje cerca de 40 instituições filantrópicas cadastradas para receber algum tipo de assistência do Idtech, tanto com doações quanto com eventos nas instituições, como o Solidariedade.ponto.com, realizado há cerca de 10 anos. "Nós somos uma instituição que tomou para si a responsabilidade de ajudar e contribuir ativamente com a sociedade por meio de parcerias com instituições filantrópicas que oferecem serviços para aquelas pessoas que estão em vulnerabilidade social. Essas parcerias são firmadas com instituições idôneas e que realizam um trabalho de referência para a comunidade na qual estão inseridas, assim conseguimos, por meio delas, ajudar a um número ainda maior de pessoas", destaca a assistente social.

Já para Elaide Cristina dos Santos, coordenadora da Associação Polivalente São José, iniciativas como essa fazem a diferença no atendimento da instituição. "Uma doação como essa é uma coisa grandiosa para nós e faz toda a diferença. Nesse caso específico dos livros, complementará uma de nossas oficinas, que é o Cantinho da Leitura, um espaço onde a imaginação ganha vida e levanta voos, levando o leitor por caminhos nunca vistos, sem sair do Cantinho, simplesmente através dos livros. Dessa forma, a gente cria nos nossos assistidos o hábito da leitura e conseguimos também auxiliá-los com reforço escolar. É sempre importante lembrar que ler, contar e ouvir histórias contribui ativamente para a formação de senso crítico e também, para a formação intelectual dessas crianças e adolescentes", comenta a coordenadora.

Para a benfeitora da doação, a escritora Iracema Dantas, poder contribuir com o incentivo à leitura e ao conhecimento é algo fundamental. "A doação representa um passo significativo para o incentivo à leitura e para a aquisição de conhecimentos. Na minha visão, pode, inclusive, despertar talentos até então adormecidos. E mais: tem efeito multiplicador, conduzindo à formação do hábito da leitura, criando uma contínua sintonia de aprimoramento. É um projeto valioso por ser acessível a um público diversificado. É uma oportunidade de passar o tempo plantando sementes que darão bons frutos", enfatiza Iracema, que é autora do projeto "Ler é Tudo de Bom", desenvolvido em nível nacional como parte do projeto "É Chique Falar Português", aprovado pelo Ministério da Cultura, em 1999.

Como forma de agradecimento pelos 59 livros recebidos, a Associação Polivalente São José fabricou e enviou 50 máscaras de tecido para serem distribuídas entre os colaboradores da sede do Idtech e também para a doadora, Iracema Dantas. "Essas máscaras são uma forma de dizermos obrigado por essa ajuda tão importante que nos foi oferecida. De uma forma singela, essa é a nossa retribuição por tamanho carinho recebido", destaca Elaide.



© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS