19/08/2020 - Brigada do Exército de Ipameri realiza campanha de doação de sangue no Hemocentro de Catalão



Militares de organizaram em pequenos grupos e durante três meses arrecadaram 62 bolsas de sangue

Durante os meses de maio, junho e julho, 69 militares da 23ª Companhia de Engenharia de Combate de Ipameri se voluntariaram em uma campanha de doação de sangue no Hemocentro de Catalão, distante 60 quilômetros do quartel de onde prestam serviço. A iniciativa da ação foi do médico da brigada, Diego Simão. Segundo o militar, que também é chefe da seção de saúde, uma das funções do Exército é sempre apoiar a população civil como um todo, por isso, a iniciativa da campanha de doação de sangue com os militares. "Nós estamos vivendo um momento difícil em todo o mundo, e se já era difícil a mobilização para manter os estoques de sangue antes da pandemia, agora, então, ficou mais difícil ainda. Sabemos que a demanda é alta, e a oferta nem tanto, então esse é o momento de nós ajudarmos", disse.

Segundo a responsável técnica do Hemocentro de Catalão, a médica hematologista Gabriela Spacek Fonseca, ações como essa asseguram a manutenção do estoque. "Como em nossa unidade nós atendemos 14 municípios, esse trabalho com a comunidade é muito importante. Estamos constantemente buscando apoio de grupos que já são parceiros do Hemocentro, e também através das rádios, incentivando que todos mantenham o hábito da doação de sangue, inclusive, durante a pandemia, porque a demanda é alta", reforça. O banco de sangue da região sudeste atende as cidades de Anhanguera, Catalão, Campo Alegre, Cumari, Davinópolis, Goiandira, Ipameri, Nova Aurora, Ouvidor, Palmelo, Santa Cruz, Três Ranchos, Urutaí e Rio Quente.

Doação segura
Se você está em Catalão e quer doar, saiba que a Hemorrede Pública de Goiás adotou todos os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde (MS) e a Secretaria de Estado da Saúde (SES) para segurança dos doadores em suas unidades. Gabriela explica que não existe evidência de transmissão do novo coronavírus por transfusão de sangue. "Estamos seguindo todas as orientações do Ministério da Saúde, por isso, se você teve contato com pacientes infectados ou com suspeita de Covid-19 é necessário aguardar um prazo de 14 dias para fazer sua doação. Já para quem foi considerado caso suspeito ou confirmado, o prazo é de 30 dias após a remissão dos sintomas", esclarece a médica. Ela informa ainda que o Hemocentro de Catalão, assim como as demais unidades da Hemorrede, adotaram rotinas rigorosas de limpeza e desinfecção dos ambientes, uso de insumos descartáveis, além de treinamentos específicos de todos os servidores das unidades.

Quem pode doar?
Os requisitos básicos para passar pela entrevista pré-doação de sangue são: estar saudável, ter peso acima de 50 kg, apresentar documento com foto válido em todo o território nacional e idade entre 16 e 60 anos, sendo que antes de completar 18 anos é necessária uma autorização dos pais ou responsáveis. A orientação é que doadores acima de 60 anos fiquem em casa, visto que são pessoas do grupo de risco do novo coronavírus. Quem tomou a vacina da febre amarela deve aguardar 30 dias para fazer uma doação. Já para vacina contra gripe, o prazo é de 48 horas.

Onde Doar?
O Hemocentro de Catalão fica na Rua Osório Vieira Leite, nº 78, Bairro São João, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas. O agendamento pode ser feito pelo telefone (64) 3441-4013 ou pelo site agenda.hemocentro.org.br.



© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS