20/01/2021 - Sarau do HGG desta quinta-feira, 21, terá apresentação de canções religiosas com o cantor Britto



Projeto de humanização da unidade de saúde segue de forma virtual devido à pandemia do novo coronavírus

Você já esteve internado em uma unidade saúde por alguns dias ou longo período? Se ainda não, saiba que não é fácil, principalmente neste momento de pandemia, em que houve uma recomendação dos órgãos de saúde para que fossem proibidas as visitas e os acompanhantes, com raras exceções. É neste momento que os pacientes mais precisam de uma rede de apoio para enfrentar esse período de internação e se recuperarem logo, e o Hospital Estadual Alberto Rassi - HGG tem buscado cuidar da melhor forma possível de todos, inclusive, com muita música e arte. Nesta quinta-feira, 21 de janeiro, quem preparou uma apresentação especial para o Sarau do HGG, repleta de músicas religiosas para tocar o coração de todos, foi o cantor Britto. O sarau virtual com o músico acontece a partir das 17 horas.

Natural de Itaberaí (GO) e autodidata em música, Britto apresentou-se pela primeira vez no projeto em 2017, e, agora, retorna para levar música aos pacientes, acompanhantes e profissionais do HGG de forma virtual. Ele conta que é sempre uma alegria poder cantar para os pacientes "É gratificante fazer o bem para o próximo. Agradeço a Deus pelo dom que me deu e a possibilidade de usá-lo em ocasiões assim", disse.

Sobre o Sarau
Oficialmente lançado em 5 de agosto de 2013, após o HGG ser reestruturado pelo Governo de Goiás por meio da Secretaria de Estado da Saúde, em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), o Sarau foi o primeiro projeto de humanização implantado na unidade. Em seu sétimo ano, já se consolidou como um projeto que une o incentivo à cultura, o estímulo à produção musical regional e a promoção do bem-estar por meio da música.

Serviço
Sarau Virtual do HGG com Britto
Data: 21/01/2021
Local: Hospital Estadual Alberto Rassi
Horário: 17 horas



© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS