28/01/2021 - No Dia da Visibilidade Trans, HGG anuncia retomada da totalidade dos serviços do Ambulatório TX



Para marcar data, webinar falará sobre processo transexualizador e experiência de profissionais e pacientes

O Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG anuncia nesta sexta-feira, 29 de janeiro, Dia da Visibilidade Trans, a retomada da totalidade dos serviços prestados pelo Ambulatório TX, suspensas devido à pandemia de Covid-19. Para celebrar a data e marcar a retomada desses atendimentos. Será realizado um webinar aberto ao público com a participação da ginecologista e coordenadora do Ambulatório TX, Margareth Giglio; a Miss Centro Goiano Rayka Vieira; e o paciente do ambulatório Caleb Costa. A mediação fica por conta da representante da Subcoordenação de Atenção à Saúde da População LGBTI da Superintendência de Saúde Mental e Populações Específicas da Secretaria de Estado da Saúde, Bianca Lopes.

O objetivo do encontro é tirar dúvidas da população trans e a troca de experiências vividas pelos profissionais e pacientes que passam pelo atendimento do Ambulatório TX. Na ocasião será dada a largada ainda para a retomada de cirurgias de mamoplastia e histerectomia, com um mutirão que realizará 10 cirurgias no início de fevereiro.

Segundo Margareth, os atendimentos não pararam, mas algumas atividades tiveram de ser suspensas por causa da pandemia e devem ser retomadas agora. “O atendimento dos pacientes do programa TX do HGG não parou durante a pandemia, quando as consultas nos ambulatórios de hormonioterapia, psiquiatria e psicologia continuaram normalmente através de teleatendimentos, com receitas controladas sendo enviadas pelos correios. Contudo, a pandemia fez atrasar as cirurgias do programa.” Apesar do atraso, explica a médica, a demanda pode ser administrada. No país, foram realizadas 36 cirurgias de redesignação sexual no ano passado, número 86% menor do que o registrado em 2019, quando 224 pessoas passaram por procedimentos. “Como o nosso programa é novo, não temos fila de espera e, já no próximo mês, todos os quatro pacientes que já se encontram prontos para a histerectomia serão submetidos ao procedimento. Da mesma forma, as pacientes que aguardam cirurgia de redesignação sexual para o sexo feminino e as cirurgias plásticas que envolvem retirada das mamas ou colocação de protéses.”

Criado em 2017, o Ambulatório TX do HGG oferece atendimento médico e multiprofissional a transexuais e travestis. Desde então, já foram realizadas 3.754 consultas das mais diversas áreas, atendendo homens e mulheres trans. O HGG foi a primeira unidade pública estadual a oferecer tal serviço no estado, com atendimentos ambulatoriais, como o para realizar a hormonioterapia e, também, atendimentos hospitalares, com as cirurgias redesignadoras. No HGG, são realizadas as cirurgias para retirada do útero (histerectomia), das mamas (mastectomia), além da colocação de próteses mamárias e de redesignação sexual feminina. Para participar do programa, basta procurar a rede básica de saúde e pedir para ser encaminhado para o projeto de transexualidade, com o CID: F64.0.


Serviço
Webinar Dia da Visibilidade Trans – Pelo Direito à Idtentidade
Data: 29/01/2021 (Sexta-feira)
Horário: 9 horas
Local: Plataforma Zoom (https://us02web.zoom.us/j/85899247482?pwd=T0xaMHZNR0htU3B5N0tHUGhSVHRYQT09)




Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS