02/03/2021 - Médicos do HGG participam de live sobre Fevereiro Roxo



Tema principal abordado foi a doença de Alzheimer

No último sábado, 27 de fevereiro, os médicos psiquiatras do Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG Cláudio Reimer e Leonardo Prestes fizeram uma live para falar sobre o Fevereiro Roxo – mês de conscientização sobre Lupus, Fibromialgia e Alzheimer. O foco do encontro virtual, realizado em parceria com o Centro Estadual de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeq), foi o Alzheimer, doença que é tratada no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) do HGG.

O Alzheimer é uma doença neurodegenerativa e crônica. Ela se manifesta lentamente e se agrava ao longo do tempo. O sintoma inicial mais comum é a perda de memória a curto prazo, quando a pessoa tem dificuldades em recordar eventos recentes. É a forma mais comum da demência.

De acordo com Leonardo Prestes, esquecer não é normal, mas deve-se preocupar quando essa perda de memória gera algum prejuízo. "A partir de 50 anos é fator de preocupação, além do descontrole financeiro, repetição de informações e histórias. A repetição é um sinal clínico mais fácil de identificação, principalmente acima de 60 anos", comenta o médico.

Leonardo ressalta que o acompanhamento multidisciplinar pelo paciente é importante durante o tratamento. "O paciente precisa de um ambiente claro, com informações e adaptado para o dia a dia. Além disso, a família deve ser orientada para que ela deixe o paciente fazer algumas atividades caseiras, mesmo que supervisionadas. Isso o ajudará durante o tratamento", enfatiza.

Cláudio Reimer afirma que existem diversas formas de demência, e o Alzheimer é a mais frequente delas, mas não é a única. "Temos que pensar na ansiedade, na insônia, alterações hormonais, intoxicação, ajustes de medicações. Muitas interações medicamentosas em pacientes idosos também são causas de demência".

Ao final do encontro, Cláudio agradeceu a participação de todos na live, e enfatizou todo o apoio que recebe no HGG, hospital em que coordena a residência em Psiquiatria. "Agradeço o espaço na unidade de saúde, que sempre nos apoia", finaliza o médico.



© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS