22/06/2021 - Serviço de agendamento para doação de sangue da Hemorrede Pública de Goiás ultrapassa 26 mil atendimentos



Sistema está há 1 ano em funcionamento em todas as unidades da Hemorrede e permite a marcação de horário pela internet e por telefone 0800

Um ano depois da implantação do serviço de agendamento para doação de sangue, 32% dos doadores da Hemorrede Pública de Goiás não saem de casa antes de marcar seu horário pelo site agenda.hemocentro.org.br ou pelo telefone 0800 642 0457. Para a gerente do Ciclo do Doador, Layane Marques, o número mostra que uma boa parte dos voluntários já adotou o hábito e sabe da importância dessa organização para tornar o atendimento mais ágil e eficiente nas unidades da Hemorrede. "Essa é uma ferramenta que chegou para ficar. Assim como tantos outros serviços que são agendados, a possibilidade de marcar uma hora para doar sangue permite que o doador se programe para vir ao Hemocentro no melhor dia e horário para ele. Com isso, conseguimos oferecer um serviço mais ágil e eficiente nas unidades", afirma.

Desde que o serviço foi ampliado para as unidades do interior, na primeira quinzena de maio de 2020, já foram realizados 26,5 mil agendamentos pelos canais de atendimento. Layane pontua que nem todos os doadores que agendam comparecem de fato para doação, mas que o sistema tem sido um aliado do setor de coleta na organização das unidades no enfrentamento contra o novo coronavírus. Nos últimos 12 meses, 26.577 voluntários fizeram o agendamento pelo site ou pelo telefone para doar, mas apenas 17.419 compareceram nas unidades da Hemorrede. "Com agendamento conseguimos orientar nossos voluntários para virem às unidades do Hemocentro em horários alternados, assim, evitamos aglomerações, sem deixar de atender a demanda espontânea, ou seja, os voluntários que comparecem às unidades sem agendamento", frisa.

Na Unidade Móvel do Hemocentro o serviço de agendamento permitiu que as coletas externas pudessem continuar mesmo no período de pandemia. "Reduzimos pela metade a capacidade de coleta da Unidade Móvel e passamos a atender apenas voluntários agendados para garantir a segurança de todos. Com isso, a cada ação externa, até 60 doadores são atendidos com horário previamente marcado", conta.

Quem pode doar?
Layane reforça que para fazer uma doação de sangue é necessário estar saudável, ter peso acima de 50 kg, apresentar documento com foto válido em todo o território nacional e idade entre 16 e 59 anos, sendo que antes de completar 18 anos é necessária uma autorização dos pais ou responsáveis. A orientação é que doadores acima de 60 anos fiquem em casa, visto que são pessoas do grupo de risco do novo coronavírus. Quem tomou a vacina da febre amarela deve aguardar 30 dias para fazer uma doação. Já para vacina contra gripe, o prazo é de 48 horas. No caso da vacina contra o novo coronavírus é preciso esperar 48 horas após a Coronavac, e sete dias após a aplicação das demais. Pessoas que tiveram contato com pacientes infectados ou com suspeita de covid-19 devem ficar 14 dias sem poder doar, já para quem foi considerado caso suspeito ou confirmado, o prazo de inaptidão é de 30 dias após a remissão dos sintomas.



Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS