09/08/2021 - Obras da Hemorrede no interior do Estado passam por vistoria



Unidades de Iporá, Rio Verde e Formosa estão passando por reforma ou/e adequações

Entre os dias 3 e 6 de agosto, foram realizadas visitas técnicas nas obras da Unidade de Coleta e Transfusão de Iporá e Formosa e do Hemocentro Regional de Rio Verde, todas unidades da Hemorrede Pública de Goiás. De acordo com o assessor técnico do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) – organização responsável pela gestãod a Hemorrede, Daniel Régis Ribeiro, as obras estão dentro do cronograma previsto e logo deverão ser concluídas. "Nós estamos acompanhando de perto todas as obras de insfraestrutura em andamento na Hemorrede e nesta visita técnica nós avaliamos os serviços que estão em execução, em consonância com o objeto das licitações, bem como aferimos as boas práticas construtivas, para empreender as ações de fiscalização de contrato e execução de obras", destaca.

Segundo Daniel, em Iporá, está em andamento a reforma e adequação da unidade com previsão de entrega dentro de 90 dias, em Rio Verde está sendo realizada uma análise para o início das atividades de reforma e adequação, com previsão de duração de 180 dias, e em Formosa será realizada a individualização dos sistemas de abastecimento de água e energia. Todas as frentes de trabalho contam com o apoio da Gerência de Apoio Logístico e Operacional (Galop). "Em Iporá, nosso trabalho será do início ao final, desde a execução da obra até a finalização com abastecimento de insumos e demais materiais e equipamentos nas unidades. Já em Rio Verde e Formosa, a Galop também tem dado suporte para o setor de engenharia do instituto", afirma o gerente da Galop, Eduardo Rampani.

Para a diretora-técnica da Hemorrede, Ana Cristina Novais, as reformas e adequações físicas das unidades reforçam o compromisso do Idtech em oferecer um serviço de qualidade à população goiana. "Temos buscado de todas as formas melhorar o atendimento nas nossas unidades do interior e da capital. Para isso, temos investido em reformas, aquisição de equipamentos, e principalmente, na contratação e treinamento de profissionais para garantir um serviço de qualidade aos usuários e voluntários da Hemorrede Pública de Goiás", afirma.



© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS