19/10/2021 - Ritmo eclético comanda o Sarau Virtual da dupla Keila e Kleber



Apresentação animou a tarde dos pacientes

O Sarau Virtual do Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG da última quinta-feira, 14 de outubro, foi especial para o paciente Francisco Pereira da Silva de 70 anos. Ele já estava de alta médica, mas fez questão de aguardar o início projeto de humanização para ir embora. Tocador de viola integrante da dupla Índio Belo e Karajá, recitou até um verso em agradecimento ao acolhimento que teve no HGG.

"Se eu fosse o presidente eu baixava uma portaria e o seu nome eu escrevia na nossa linda bandeira, e aonde está Ordem e Progresso eu escreveria com letras de diamante Cabocla Flor Brasileira." Francisco afirma que os pacientes ali internados precisam dessa alegria que a música proporciona. "Hoje estou indo embora de alta, mas deixo meu abraço a todos do HGG. Já cantei com a dupla André e Andrade, e hoje toco viola nas horas vagas. Cantar é minha paixão", comenta.

O casal Keila e Kleber afirmou que foi uma honra participar do Sarau do HGG. "É uma satisfação indescritível, de poder levar um pouco de paz para corações atribulados em um momento difícil por meio da música. Por mais difícil que seja o momento, todos nós gostamos de ouvir música. Contem conosco sempre", enfatiza a dupla.

Quem também gostou do sarau foi o paciente Waldemir Crispim de Amorim. Para ele, o projeto de humanização é algo diferenciado, que nunca havia visto. "Acho interessante, pois às vezes a pessoa está sofrendo e longe da família, e a pessoa ouvindo esse som faz descansar a cabeça, a gente viaja e sai um pouco da rotina. Estão de parabéns", finaliza o paciente.



© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS