16/11/2021 - Idtech participa de circuito de lives da SES sobre ética e compliance



O tema do encontro foi comunicação para a disseminação da cultura de integridade

A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES) promoveu na última quinta-feira, 11 de novembro o quarto evento do "Ciclo de lives: Ética e compliance em Saúde da SES-GO". A transmissão on-line debateu o tema: "Comunicação e treinamento como ferramentas essenciais para disseminação da cultura de integridade". Adriane Espíndola, coordenadora do Comitê de Compliance e Política de Gestão de Riscos do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), foi uma das participantes e abordou o tema "Desafios na implementação e gestão do programa de compliance em Organizações Sociais".

Participaram também a Coordenadora de Transparência e Modernização Institucional da SES, Sônia Oliveira, como mediadora; a comunicadora, professora e consultora em desenvolvimento humano e organizacional, Vânia Bueno, que tratou do tema: O papel da comunicação efetiva na disseminação do programa de compliance; e a enfermeira especialista em Gestão de Negócios, Vivian Nicele Campos, que falou sobre "A importância da capacitação e treinamento em compliance".

Para Adriane Espíndola, as lives promovidas pela SES são uma oportunidade de aprendizado muito grande, pois é possível conhecer a experiência de pessoas que atuam em diferentes locais do país, com diferentes formações engajadas na ética e transparência dos processos. "A SES tem um interesse em fomentar a cultura do compliance, tanto na própria secretaria, quanto nas unidades parceiras. A participação do Idtech nesta live foi uma oportunidade de mostrar para as pessoas a seriedade nosso trabalho", comenta.

Durante o encontro on-line, Adriane ressalta que estar em compliance em uma organização social é fazer o que é certo. "Desde que a instituição foi criada, a alta direção estimula os princípios éticos e cidadania em seu trabalho. Temos total autonomia na realização das atividades realizadas no Comitê de Compliance", afirma.

A coordenadora enfatiza que a cultura do compliance já faz parte das ações do Idtech desde sua fundação e é difundida entre os setores. "O que está sendo feito agora é a sistematização dessas normas por meio da política de compliance da instituição e unidades geridas. Os processos são elaborados, planejados, sendo discutidos, monitorados e controlados. A participação dos colaboradores é fundamental para o desenvolvimento do trabalho", finaliza.



© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS