18/09/2020 - 16/09/2020 - Coleta de sangue na sede da Policia Cível (TV Anhanguera - JA 1ª Edição)



https://www.youtube.com/embed/2wENf5ciSIw

Com queda de 36% nas doações de sangue, a Hemorrede Pública de Goiás busca voluntários para manutenção dos estoques de suas unidades. Um reforço de extrema importância para manutenção dos estoques são as coletas externas das Unidades Móveis do Hemocentro, que desde o início da pandemia têm funcionado com cuidados redobrados, atendendo apenas 50% da sua capacidade. Além das ações em empresas e igrejas, a unidade também passou a realizar coletas em condomínios residenciais, garantindo segurança aos doadores, que puderam salvar vidas sem sair de casa.

Como solicitar ônibus de coleta de sangue?
Para quem gostou da ideia e quer fazer uma solicitação é muito simples, basta ter a confirmação de 60 pessoas interessadas e fazer o pedido pelo e-mail: hemocentro.captacao@idtech.org.br ou pelo telefone (62) 3201-4101, 3201 4570

Doação segura
A Hemorrede de Goiás adotou todos os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde (MS) e a Secretaria de Estado da Saúde (SES) para segurança dos doadores em suas unidades. A Hemorrede dispõe de rotinas rigorosas de limpeza e desinfecção dos ambientes, uso de insumos descartáveis, além de treinamentos específicos de todos os servidores das unidades.

Quem pode doar?
Os requisitos básicos para passar pela entrevista pré-doação de sangue são: estar saudável, ter peso acima de 50 kg, apresentar documento com foto válido em todo o território nacional e idade entre 16 e 60 anos, sendo que antes de completar 18 anos é necessária uma autorização dos pais ou responsáveis. A orientação é que doadores acima de 60 anos, fiquem em casa, visto que são pessoas do grupo de risco do novo coronavírus. Quem tomou a vacina da febre amarela deve aguardar 30 dias para fazer uma doação. Já para vacina contra gripe, o prazo é de 48 horas. Pessoas que tiveram contato com pacientes infectados ou com suspeita de Covid-19 devem ficar 14 dias sem poder doar, já para quem foi considerado caso suspeito ou confirmado, o prazo de inaptidão é de 30 dias após a remissão dos sintomas.

Divulgação da TV Anhanguera, exibida no dia 16/09/2020, no Jornal Anhanguera 1ª Edição.





Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH, Hospital Estadual Alberto Rassi/HGG, Hemocentro de Goiás - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS